Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Gerdau registra lucro líquido de R$ 3,214 bilhões no primeiro semestre

Rio de Janeiro - A Gerdau anunciou hoje que registrou lucro líquido de R$ 3,214 bilhões no primeiro semestre, 38,3% a mais do que no mesmo período do ano passado.

EFE |

 

Em comunicado enviado hoje a seus investidores, a Gerdau informou que seus ganhos do primeiro semestre foram favorecidos principalmente pelos resultados do segundo trimestre, quando o lucro chegou a R$ 2,124 bilhões.

O lucro líquido do segundo trimestre foi 85,3% superior ao do mesmo período do ano passado.

O bom desempenho se deveu principalmente ao aumento da produção de aço, que no primeiro semestre chegou a 10,8 milhões de toneladas, com crescimento de 25,6% frente aos seis primeiros meses do ano passado.

A produção de laminados chegou a 9,2 milhões de toneladas, volume 27,6% superior ao do primeiro semestre de 2007.

A Gerdau tem unidades próprias em Brasil, Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Estados Unidos, Peru, Uruguai, México, República Dominicana e Venezuela, e associações que permitem à companhia brasileira compartilhar siderúrgicas na Espanha, na Índia, assim como em vários países centro-americanos.

O faturamento bruto do grupo no primeiro semestre somou R$ 22,3 bilhões, crescimento de 35,2% frente ao resultado do mesmo período do ano passado.

Das vendas, 35,9% procederam das operações no Brasil, 34,7% na América do Norte e 10% nos outros países da América Latina.

O Ebitda (lucro antes de juros, imposto de renda, depreciação e amortizações) do grupo cresceu 51,7% no primeiro semestre e ficou em R$ 4,7 bilhões.

Segundo o balanço enviado aos acionistas, as exportações da Gerdau no primeiro semestre somaram 1,4 milhão de toneladas e geraram receita de US$ 994,5 milhões.

O volume embarcado foi 2,8% inferior ao dos seis primeiros meses do ano passado, pois as plantas brasileiras priorizaram o atendimento da crescente demanda do mercado interno.

Entre os fatos relevantes do primeiro semestre, a empresa destacou a aquisição de 28,9% das ações da Aços Villares por US$ 800 milhões, com o que a Gerdau e espanhola Sidenor passaram a ter 87,3% do capital desta companhia.

Igualmente, destacou a aquisição das americanas Macsteel, segunda maior produtora de aços especiais dos Estados Unidos e com capacidade para produzir 1,2 milhão de toneladas métricas de aço bruto, e a Century Steel.

Entre as aquisições na América Latina este ano a Gerdau citou a compra do controle acionário das colombianas Diaco e da Cleary Holdings, da chilena Trefilados Bonati, e das mexicanas Corsa Controladora e Aceros Corsa.

O Grupo Gerdau, com ações negociadas nas bolsas de valores de São Paulo, Nova York, Toronto e Madri, tem capacidade instalada para produzir 24,8 milhões de toneladas de aço por ano.

Leia mais sobre Gerdau

Leia tudo sobre: gerdau

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG