Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Gerdau afirma que irá adequar oferta à demanda em tempos de crise

SÃO PAULO - A crise econômica tem deixado a Gerdau mais atenta ao mercado, adaptando suas operações à demanda que encontra em diferentes regiões. A empresa não informa que tipo de impacto isso pode ter sobre sua atividade, embora vislumbre a possibilidade de retração na demanda e, consequentemente, em seus negócios.

Valor Online |

O executivo-chefe da empresa, André Gerdau Johannpeter, afirma que, principalmente na área de aços especiais , ainda há volumes importantes de pedidos em carteira, que serão atendidos nos próximos meses. Como alternativa à queda na demanda em alguns setores, como o automotivo, ele afirma que a empresa tenta buscar intensificar a venda para outras indústrias que utilizam aços especiais, como a naval e a de equipamentos.

"A indústria automobilística representa 70% de nossos negócios com aços especiais. O que estamos fazendo é procurar outros mercados, como os ligados a energia, indústria naval e de equipamentos, que também consomem esses produtos e não têm queda tão expressiva em sua atividade" com a crise, disse o executivo.

A empresa, explica, ainda está avaliando o mercado e, portanto, não adotou ainda medidas como paralisação de altos-fornos ou férias coletivas para reduzir a produção e se adequar à demanda. Isso, porém, não significa que essas medidas estão descartadas.

"É importante frisar que quem produz aço a partir de sucata, como nós, tem mais flexibilidade para operar com ajuste fino em relação à demanda, paralisando fornos, dando férias, em vez de imediatamente adotar medidas drásticas para reduzir a produção", afirmou o vice-presidente de Finanças da companhia, Osvaldo Schirmer.

Embora não informe em que estado está a demanda agora com a crise, Johannpeter diz que os efeitos dela já são sentidos em alguns setores, de formas variadas. A grande diferença nas formas como ela afeta a procura das empresas por aço, porém, torna difícil ainda uma avaliação geral, explica.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG