Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Geithner: EUA estão "muito perto" de reforma financeira

Secretário do Tesouro diz acreditar em apoio no Senado para aprovar projeto que limita atuação de bancos

Reuters |

O secretário do Tesouro norte-americano, Timothy Geithner, disse neste domingo estar confiante de que há unidade política suficiente no Congresso para que o Senado elabore um bom projeto regulatório financeiro, apesar das diferenças que permanecem sobre partes da proposta.

"Acredito que estamos muito perto", declarou Geithner, em entrevista à rede de TV NBC.

Getty Images
Timothy Geithner, secretario do Tesouro americano: reforma financeira está "muito" próxima
Durante a última crise financeira, contribuintes ficaram sob risco porque o governo decidiu que tinha de resgatar bancos e financeiras com problemas para preservar a economia como um todo.

Propostas que tratam da liquidação de instituições financeiras já passaram na Casa dos Representantes, mas ainda não pelo Senado.

Um projeto regulatório abrangente, com o objetivo de aumentar o controle sobre bancos e mercados, deve tramitar no Senado durante os próximos meses.

Geithner, que tem liderado os esforços do governo em prol de reformas que previnam uma nova crise financeira, admitiu que há problemas em algumas partes do projeto.

"Não estamos unidos em tudo. Em derivativos e proteção ao consumidor ainda estamos divididos", disse. "E podemos não chegar lá."

Na sexta-feira, o presidente dos EUA, Barack Obama, declarou que vetaria qualquer projeto que não imponha controle forte o suficiente sobre derivativos.

Leia tudo sobre: Geithnerreformabancosfinanceira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG