A estatal russa Gazprom informou hoje que decidiu entrar com um processo junto a um tribunal de arbitragem sueco contra a companhia de gás natural ucraniana Naftogaz para garantir a passagem da commodity da Rússia para a Europa, pelo território ucraniano. Eu informei ao presidente russo, Dmitry Medvedev, sobre a preparação dessa queixa e ele aprovou minha decisão, afirmou um comunicado da Gazprom, citando seu executivo-chefe, Alexei Miller.

A Gazprom interrompeu na quinta-feira os embarques de gás natural para a Ucrânia após seu contrato de fornecimento com Kiev ter vencido e as duas partes não terem conseguido renová-lo. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.