Moscou, 13 jan (EFE).- A empresa russa Gazprom exigiu hoje à Ucrânia o restabelecimento imediato do envio de gás à Europa, e não dentro de 36 horas como declararam as autoridades ucranianas.

"Com o começo do bombeamento de gás russo (...) o volume de saída do combustível na fronteira ocidental da Ucrânia deve ser exatamente igual ao que entra nos sistema de transporte de gás" do país, disse o porta-voz da Gazprom, Serguei Kuprianov, citado pela agência de notícias "Interfax". EFE bsi/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.