Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Gazprom confia em pronta retomada de envio de gás à Europa pela Ucrânia

Moscou, 9 jan (EFE).- O presidente da Gazprom, Alexei Miller, afirmou que confia em que hoje mesmo será assinado o protocolo para criar o mecanismo internacional de supervisão do trânsito de gás pela Ucrânia, e imediatamente depois será retomado o fornecimento.

EFE |

"Confiamos em que, durante o dia de hoje, será assinado o protocolo para a criação de um mecanismo internacional independente para garantir o trânsito do gás russo pelo território da Ucrânia e, imediatamente depois, retomaremos o fornecimento", disse Miller, citado pelas agências russas.

O máximo executivo da Gazprom fez esta afirmação em Sochi, balneário no Mar Negro, ao informar ao presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, sobre o estado das negociações com a parte ucraniana em relação ao trânsito do gás natural russo.

Antes, a Gazprom tinha advertido que, do momento da tomada da decisão de retomar o envio de gás até que os consumidores europeus recebam o combustível, pode demorar entre 12 e 24 horas.

"Naturalmente, estamos interessados em que o trânsito de gás seja retomado o mais rápido possível. No entanto, queria que o senhor, ao cumprir essa tarefa, se guie por outra instrução minha: todas estas ações podem ser empreendidas apenas depois da assinatura do documento", disse Medvedev a Miller, segundo a agência "Interfax".

O presidente russo acrescentou: "de outro modo, nunca colocaremos fim ao roubo".

A Rússia cortou na quarta-feira passada o envio de gás à Europa através da Ucrânia com o argumento de que o país vizinho estava se apropriando ilegalmente do combustível destinado aos consumidores europeus. EFE bsi/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG