O fornecimento de gás russo para a Europa através da Ucrânia foi retomado nesta terça-feira, anunciou à AFP a gigante de energia russa Gazprom.

"A Ucrânia começou a aceitar o gás russo", afirmou um funcionário da empresa por telefone de uma estação de bombeamento de gás em Sudzha, na fronteira russo-ucraniana.

"Uma chave de gás foi aberta às 10H24" (5H24 de Brasília), acrescentou.

A Ucrânia confirmou que abriu as comportas para o gás russo, mas o trânsito para a Europa só será estabelecido dentro de algumas horas por causa dos procedimentos técnicos, de acordo com a empresa Uktransgaz.

A porta-voz da empresa, Inna Koval, confirmou que o gás chega ao território ucraniano, mas não é enviado imediatamente para a Europa.

"No momento os gasodutos estão sendo preenchidos para igualar o nível de gás nos tubos russos e ucranianos", explicou.

"Quando a pressão for idêntica, o trânsito poderá ser retomado", completou, antes de afirmar que o procedimento deve demorar duas horas.

as/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.