Moscou, 1 out (EFE) - O preço do gás que a Rússia vende à Europa já superou os US$ 500 por mil metros cúbicos de combustível, disse hoje o presidente do consórcio de gás russo Gazprom, Alexei Miller. Constatamos que a dinâmica de crescimento dos preços superou as expectativas da Gazprom, pois o preço do gás que fornecemos à Europa já ultrapassa hoje os US$ 500, disse Miller à imprensa, segundo a agência Interfax. Durante uma visita ao Azerbaijão em julho, Miller anunciou que as previsões da Gazprom estimavam, para finais de 2008, um aumento dos preços do gás russo até os US$ 500, e hoje ressaltou que os cálculos se confirmaram antes de o ano terminar. No Azerbaijão, Miller tinha dito também que, segundo a mesma previsão, o preço do barril de petróleo poderia alcançar, em breve, US$ 250, e que, em tal caso, o gás russo para a Europa subiria para US$ 1.000 por mil metros cúbicos de combustível.

"Esse preço não será algo extraordinário para o mercado, pois, atualmente, os preços do gás no mercado europeu de contratos urgentes já alcançam US$ 1.000", disse então o funcionário russo.

EFE si/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.