Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Gasto no exterior cai pela metade

A crise financeira está alterando os planos dos turistas brasileiros, que, diante da disparada do dólar, têm ido menos ao exterior. Dados do Banco Central (BC) mostram que o gastos desses viajantes caíram quase pela metade, de US$ 1,124 bilhão em setembro para US$ 599 milhões no dado preliminar de outubro, calculado até ontem.

Agência Estado |

Essa forte queda se reflete na melhora da chamada conta turismo, resultado da receita obtida com estrangeiros no País e da despesa de brasileiros no exterior. Em setembro, o turismo teve déficit de US$ 656 milhões. Esse resultado caiu expressivamente no levantamento preliminar de outubro, para US$ 242 milhões.

"Acredito que o efeito da crise será ainda mais evidente em novembro. Temos uma tendência mais clara de desaceleração dos gastos no exterior. Com o dólar alto, pouca gente viaja", disse o chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes.

As receitas obtidas com turistas estrangeiros que visitam o País também caíram, mas em ritmo menor. Em setembro, esses viajantes deixaram US$ 468 milhões no Brasil. Em outubro, o levantamento preliminar mostra que a despesa está em US$ 357 milhões.

"A mesma crise que afasta o brasileiro do exterior faz com que, a despeito do câmbio mais favorável para quem viaja para o Brasil, o turista estrangeiro nos visite menos", disse Altamir.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG