Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Gasto do consumidor sobe 0,2% em setembro nos EUA

Os consumidores dos Estados Unidos gastaram apenas modestamente em setembro, antes da principal temporada de férias, apesar dos preços muito baixos no país

AE |

selo

Os consumidores dos Estados Unidos gastaram apenas modestamente em setembro, antes da principal temporada de férias, apesar dos preços muito baixos no país. Já a renda recuou inesperadamente no período, segundo informou hoje o Departamento de Comércio do país. Os gastos do consumidor norte-americano aumentaram 0,2% em setembro, após subirem 0,5% nos dois meses anteriores. A renda pessoal recuou 0,1%, depois de registrar alta de 0,4% em agosto. A queda da renda foi a primeira desde julho de 2009.

Economistas esperavam uma alta de 0,4% dos gastos do consumidor e um avanço de 0,2% da renda pessoal. Os gastos dos consumidores, que respondem por 70% da demanda na economia dos EUA, foram um importante condutor da taxa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) observado de julho a setembro.

As compras de volta às aulas forneceram um impulso para os gastos em agosto e setembro, mas ainda não está claro se os consumidores vão comprar agressivamente durante o período de férias. Segundo o Departamento de Comércio, a taxa nacional de poupança recuou para 5,3% em setembro, de 5,6% em agosto.

Consumo pessoal

O índice de preços para gastos com consumo pessoal (PCE) subiu 0,1% em setembro em comparação com agosto, informou o Departamento de Comércio. O núcleo do indicador ficou estável no mesmo período. A previsão para o núcleo era de alta de 0,1% em setembro em relação a agosto.

Em comparação com setembro do ano passado, o índice PCE subiu 1,4%, enquanto o núcleo avançou 1,2%. A variação anual do núcleo é a menor desde setembro de 2001. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: ECONOMICOECONOMIA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG