Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Gasto com juro no ano é o pior da série histórica, diz BC

O chefe do Departamento Econômico (Depec) do Banco Central (BC), Altamir Lopes, anunciou hoje que o gasto do governo com o pagamento de juros da dívida pública no acumulado do ano até julho, de R$ 106,803 bilhões, e no mês passado, de R$ 18,77 bilhões, são os piores resultados para os períodos desde o início da série histórica, em 1991. Segundo ele, o resultado de julho foi influenciado pelo maior número de dias úteis ante junho, de 23 no mês passado ante 21 em junho.

Agência Estado |

Além disso, Altamir explicou que o aumento da dívida, a elevação da participação de papéis atrelados a índices de preço na composição da dívida, a elevação dos índices de inflação e a apreciação cambial também fizeram o gasto subir no mês passado.

Sobre o aumento da taxa básica de juros, a Selic, Altamir informou que é possível observar o aumento do gasto atrelado a essa taxa na comparação mensal, mas que essa despesa apresenta queda na comparação com o período acumulado de 12 meses.

Com isso, o déficit nominal de julho, de R$ 6,668 bilhões, é o mais elevado para o mês desde 2006. No acumulado do ano, no entanto, o resultado anunciado pelo Banco Central, de R$ 8,578 bilhões, é o mais baixo para o período desde 1993, quando o déficit havia somado R$ 1,543 bilhão. Segundo Altamir, essa melhora do resultado no ano pode ser atribuída ao bom resultado da arrecadação, que tem elevado o superávit primário.

Leia tudo sobre: dívidasjuros

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG