A Petrobrás estuda adotar a tecnologia de transformação de gás natural em óleo sintético para aproveitar melhor a produção na região do pré-sal da Bacia de Santos. A alternativa, segundo especialistas, permite comprimir um maior volume de gás em menor espaço, o que facilita seu transporte.

Hoje, uma das principais dificuldades para utilização do gás do pré-sal é a logística para enviá-lo ao mercado consumidor, já que as reservas estão a 300 quilômetros da costa. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.