Berlim, 6 out (EFE).- As garantias estatais para os depósitos dos poupadores no sistema bancário alemão são válidas para sempre, e não só enquanto durar a atual crise financeira, disse hoje o porta-voz do Ministério de Finanças da Alemanha, Torsten Albig.

As garantias apresentadas em uma declaração conjunta da chanceler alemã, Angela Merkel, e do ministro das Finanças, Peer Steinbrück, cobrem as contas bancárias, as contas de poupança e os depósitos a prazo fixo dos poupadores privados.

Albig disse que esta última diferencia o modelo alemão do irlandês, onde as garantias estatais também protegem os investidores institucionais.

Caso se chegasse ao extremo de que o Estado tivesse que responder pelos depósitos dos poupadores, o dinheiro necessário sairia, segundo Albig, dos cofres públicos.

Nesse caso, o Parlamento teria que ser consultado, mas tanto Albig quanto o porta-voz do Governo destacaram que o apoio dos deputados já é dado como certo, já que os dois grupos parlamentares da grande coalizão apóiam a declaração de Merkel e Steinbrück sobre as garantias aos poupadores. EFE rz/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.