A poupança teve uma rentabilidade inferior à inflação medida pelo ¿?ndice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) nos primeiros quatro meses do ano, segundo a Economática. O ganho da poupança neste período foi de 2,1%, valor inferior aos 2,65% do IPCA.

A poupança teve uma rentabilidade inferior à inflação medida pelo ¿?ndice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) nos primeiros quatro meses do ano, segundo a Economática. O ganho da poupança neste período foi de 2,1%, valor inferior aos 2,65% do IPCA. Isso significa que um poupador que depositou R$ 1 mil no final de 2009 na poupança teria R$ 1,021 mil no final de abril, enquanto uma cesta de produtos teria passado de R$ 1 mil para R$ 1,026 mil no mesmo período.

De acordo com o estudo, a rentabilidade nominal da poupança no primeiro quadrimestre de 2010 é a segunda menor já registrada em um quadrimestre do governo Lula, superando apenas o terceiro quadrimestre de 2009, quando a poupança rendeu 2,07%. Durante o governo Lula, a rentabilidade real da poupança foi negativa no primeiro quadrimestre de 2003, no segundo quadrimestre de 2009 e no primeiro quadrimestre de 2010.

"A maior perda de poder aquisitivo dos poupadores aconteceu no primeiro quadrimestre de 2002 sendo que o primeiro quadrimestre de 2010 é a segunda maior do período", informou. A poupança no governo Lula (de 31 de dezembro de 2002 até 30 de abril de 2010) teve rentabilidade nominal de 80,89% ante 51,86% da inflação medida pelo IPCA, o que representa ganho real acumulado da poupança no período de 19,12%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.