Tamanho do texto

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Serviços do Estado do Rio, Júlio Bueno, confirmou que a Fraport (empresa privada da Alemanha), a Aéroports de Paris e várias empresas espanholas estão interessadas na privatização do aeroporto Galeão. Todo mundo que opera aeroporto quer participar do processo licitatório, disse, contestando que exista pré-acordo para privilegiar uma empresa estrangeira.

Segundo ele, o interesse do governo na privatização tem pelo menos três razões concretas: "Primeiro, como diz o governador, o aeroporto do Galeão é, há anos, pior do que uma rodoviária de quinta categoria.

Segundo, porque o Brasil quer sediar a Copa de 2014. Além disso, temos o desafio da nossa candidatura à sede das olimpíadas de 2016 e a pior nota que tivemos foi a do Galeão".

Bueno insiste que há dez anos o Galeão é estatal e, há dez anos, "é uma porcaria". O governo do Rio está convencido de que a única forma de melhorar o aeroporto é a concessão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.