A construtora Gafisa pretende apresentar aos seus acionistas até o final deste ano proposta de incorporação da totalidade das ações em mercado da Tenda, sua controlada. As condições da incorporação serão negociadas em um comitê independente formado com indicação do conselho de administração da Tenda.

O conselho da Gafisa propõe relação de troca no intervalo entre 0,188 e 0,200 ação para cada 1 da Tenda, calculado com o maior e o menor valor das médias das relações entre as cotações de fechamento das ações de Tenda e Gafisa em períodos compreendidos entre ontem, o 30º dia anterior e o 180º dia anterior ao comunicado ao mercado, que data de 21 de outubro.

As empresas combinadas têm na data valor de mercado de R$ 4,9 bilhões, ainda segundo o comunicado ao mercado, no qual a Gafisa prevê para 2009 vendas aproximadas de R$ 3 bilhões.

A empresa convocará seus acionistas até 20 de novembro para deliberarem sobre a incorporação em assembleia geral. Se aprovada, a Tenda passará a ser subsidiária integral da Gafisa e suas ações deixarão de ser negociadas no Novo Mercado da BM&FBovespa, mantendo-se o seu registro de companhia aberta.

A operação acarreta direito de retirada para os acionistas da Tenda até 21 de outubro, em condições a serem divulgadas oportunamente. "A administração da Gafisa acredita que a incorporação será vantajosa para os acionistas de ambas as companhias, na medida em que resultará na formação de uma líder nacional no setor de construção civil, gerando ganhos de escala e aumento de eficiências operacionais, comerciais e administrativas", diz o documento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.