Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Fusões nos EUA não tiram do Bank of America liderança online

SÃO PAULO - O Bank of America (BofA) deverá se manter como o maior banco online dos EUA, mesmo com as recentes fusões no setor bancário norte-americano, em decorrência da crise financeira global. Segundo a consultoria comScore, independentemente do crescimento dos concorrentes na internet, o BofA ainda é superior a todas as novas instituições criadas no mercado.

Valor Online |

Atualmente, o BofA tem 24,6 milhões de usuários online, segundo a comScore, mais do que o dobro do que a maioria dos principais concorrentes americanos - com exceção do Chase Manhattan, que tem 14 milhões de clientes online. Mas, mesmo com a incorporação do Washington Mutual (WaMu) pelo Chase, sua base de usuários online crescerá para 21,4 milhões, ainda atrás do BofA.

No caso do Wachovia, que é disputado pelo Wells Fargo e pelo Citibank, a junção com qualquer um dos dois ainda o deixará na terceira posição no número de clientes online nos EUA. Com o primeiro, o Wachovia teria um total de 17 milhões de usuários e, com o segundo, 18,2 milhões, afirma a comScore. Todos esses números representam o aumento líquido no número de clientes online, segundo a consultoria.

"Em termos de sobreposição de clientes onlines, as fusões Chase/WaMu e Wells Fargo/Wachovia ou Citibank/Wachovia surpreendentemente têm muito pouca", afirmou o diretor de Soluções de Marketing da comScore, Marc Trudeau. "As fusões confirmadas e propostas são essencialmente aditivas em sua natureza, com mais de 98% dos clientes representando incremento (na base de usuários online dos bancos)", acrescenta.

(José Sergio Osse | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG