Tamanho do texto

A Furnas formará com a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), Odebrecht e Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (Cteep) um consórcio para disputar a construção da linha de transmissão que ligará o complexo hidrelétrico do Rio Madeira, em Rondônia, ao Sistema Interligado Nacional (SIN). De acordo com o presidente demissionário da empresa, Luiz Paulo Conde, o grupo pretende fazer oferta para três lotes que serão leiloados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em 31 de outubro.

Furnas e Chesf ficam com participação de 24,5% no negócio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.