Tamanho do texto

Por unanimidade, os funcionários dos Correios decidiram nesta tarde permanecer em greve por tempo indeterminado. Nas assembléias dos sindicatos da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) em todo o País, eles votaram por permanecer paralisados até que um acordo seja fechado.

Uma nova audiência de conciliação entre a Fentect e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) está marcada para o próximo dia 15, no Tribunal Superior do Trabalho (TST). Os trabalhadores reivindicam, entre outras medidas, o fim do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), que começou a ser implantado em 1.º de julho e que permite demissão por baixa produtividade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.