Dois funcionários chineses da Rio Tinto presos por venda de segredos industriais e corrupção decidiram apelar da sentença, disseram os advogados, neste sábado.<p><p>Wang Yong e Liu Caikui vão recorrer da sentença de 14 anos e sete anos de prisão, respectivamente, afirmaram seus advogados à AFP.

Dois funcionários chineses da Rio Tinto presos por venda de segredos industriais e corrupção decidiram apelar da sentença, disseram os advogados, neste sábado.<p><p>Wang Yong e Liu Caikui vão recorrer da sentença de 14 anos e sete anos de prisão, respectivamente, afirmaram seus advogados à AFP. O outro funcionário chinês, Ge Minqiang, não havia decidido se iria fazer o mesmo sobre a sentença de oito anos. O advogado representando o cidadão australiano Stern Hu, condenado a 10 anos de prisão, não fez comentários quando foi questionado pela AFP.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.