Tamanho do texto

O Ministério da Fazenda anunciou ontem um socorro de até R$ 200 milhões para os fruticultores do Vale do Rio São Francisco, para capital de giro. A verba sairá de uma linha especial do Programa Revitaliza, voltado para exportações, com recursos do BNDES.

Desde o fim de 2008, os empresários do setor enfrentam problemas por causa da abrupta queda nas exportações e na cotação das frutas, em especial uva e manga.