O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) definiu a tecnologia do Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos (Siniav), que instalará chips em toda a frota de veículos do País até 2014. Era o que faltava para que a Prefeitura de São Paulo inicie o programa de rastreamento dos veículos da cidade, segundo a administração municipal informou no fim do ano passado.

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) definiu a tecnologia do Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos (Siniav), que instalará chips em toda a frota de veículos do País até 2014. Era o que faltava para que a Prefeitura de São Paulo inicie o programa de rastreamento dos veículos da cidade, segundo a administração municipal informou no fim do ano passado. Ontem, a Prefeitura não se pronunciou sobre o assunto. Os órgãos reguladores de trânsito (Detrans estaduais e instâncias municipais) têm de iniciar o processo de instalação desses equipamentos até 30 de junho do ano que vem. Até 30 de junho de 2014, o processo terá de estar concluído, segundo o Ministério das Cidades. Esses chips poderão fiscalizar praticamente tudo: se o carro fez inspeção veicular, se está com o IPVA, o licenciamento e as multas em dia, se está respeitando o horário de rodízio e até por quais ruas está circulando e se foi roubado.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.