SÃO PAULO - A Freddie Mac, uma das gigantes hipotecárias dos EUA, apresentou prejuízo líquido de US$ 25,3 bilhões no terceiro trimestre, o correspondente a US$ 19,44 o papel. A perda foi mais de 20 vezes maior do que a apurada um ano antes, de US$ 1,2 bilhão, ou US$ 2,07 por ação.

A financeira aproveitou o anúncio de seus números para comunicar o pedido de US$ 13,8 bilhões de recursos do governo americano. A expectativa é de que esses fundos cheguem no dia 29 deste mês. Em troca da injeção de capital, o Tesouro receberá ações preferenciais da companhia.

Nesta semana, a Fannie Mae, outra gigante hipotecária americana, divulgou prejuízo de US$ 29 bilhões no terceiro trimestre e avisou da possibilidade de precisar de nova injeção de recursos antes do fim do ano.

Em setembro, a Fannie Mae e a Freddie Mac foram colocadas sob o controle do governo dos EUA. Naquela ocasião, a operação foi considerada o maior socorro do governo na história americana.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.