Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Freddie Mac anuncia prejuízo de US$ 972 milhões no primeiro semestre

Nova York, 6 ago (EFE).- O Freddie Mac, o segundo maior banco hipotecário dos Estados Unidos, anunciou hoje que registrou prejuízo de US$ 972 milhões no primeiro semestre, em comparação ao lucro líquido de US$ 596 milhões nos seis primeiros meses do ano passado, por causa da crise imobiliária e creditícia americana.

EFE |

O prejuízo líquido por ação do Freddie Mac entre janeiro e junho deste ano foi de US$ 2,28 por ação, em comparação ao lucro líquido por título de US$ 0,61 no primeiro semestre de 2007.

O presidente e executivo-chefe do Freddie Mac, Richard Syron, reiterou através de comunicado à imprensa seu compromisso de obter uma injeção de capital de US$ 5,5 bilhões e destacou que estudarão se é necessário obter mais capital dependendo das necessidades e das "condições do mercado".

No entanto, Syron se mostrou confiante em que as medidas que a entidade está tomando sirvam para "fortalecer a posição financeira e competitiva do Freddie Mac", assim como "a habilidade para atender os compradores americanos de imóveis".

Por outro lado, o diretor-executivo financeiro do Freddie Mac, Buddy Piszel, afirmou que a instituição "está bem capitalizada acima dos requisitos reguladores" e disse que continua tendo "acesso aberto aos mercados da dívida".

Quanto aos números do segundo trimestre, a empresa hipotecária anunciou prejuízos de US$ 821 milhões (US$ 1,63 por ação), em comparação a lucros de US$ 729 milhões (US$ 0,96 por título) no mesmo período do ano passado.

Os resultados do Freddie Mac no segundo trimestre são piores do que os esperados pelos analistas de Wall Street, que previam que a empresa hipotecária anunciaria perda por ação de US$ 0,38 no segundo trimestre.

No segundo trimestre, o Freddie Mac se viu obrigado a aumentar suas reservas por perdas por falta de pagamentos de créditos em US$ 2,5 bilhões, comparados com os US$ 1,2 bilhão do primeiro trimestre deste ano, por causa do aumento da falta de pagamentos e das execuções hipotecárias.

A entidade também anunciou que reduzirá seu dividendo das ações comuns no terceiro trimestre de US$ 0,25 para US$ 0,05 por ação ou menos. EFE bj/wr/fal

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG