Tamanho do texto

O banco francês BNP Paribas assumirá o controle do Fortis na Bélgica e em Luxemburgo, cujos governos permanecerão como acionistas minoritários da instituição, em graves dificuldades, indicou na noite deste domingo uma fonte próxima ao governo luxemburguês.

Um acordo neste sentido foi concluído entre as partes neste domingo, ao término de um final de semana de intensas negociações, segundo a mesma fonte.

De acordo com os termos do compromisso, o maior banco francês ficará com 75% da filial belga do grupo Fortis, enquanto os 25% restantes permanecerão nas mãos de Bruxelas, que desta forma conserva uma minoria de bloqueio para atuar nas decisões estratégicas da instituição.

Em relação ao Fortis em Luxemburgo, o BNP Paribas ficará com uma participação de 66%, enquanto o governo do ducado conservará 33%, ainda segundo a mesma fonte.

As atividades holandesas do Fortis já haviam sido nacionalizadas pelo governo da Holanda.

Leia mais sobre: bancos