Tamanho do texto

Paris, 19 abr (EFE).- A França rejeitou a última proposta feita pelo Irã sobre a transferência de urânio fracamente enriquecido em troca de combustível nuclear para sua usina, afirmou hoje um porta-voz do Ministério de Exteriores francês.

Paris, 19 abr (EFE).- A França rejeitou a última proposta feita pelo Irã sobre a transferência de urânio fracamente enriquecido em troca de combustível nuclear para sua usina, afirmou hoje um porta-voz do Ministério de Exteriores francês. Esta proposta "é contrária à oferta da Agência Internacional da Energia Atômica (AIEA) e não responde às preocupações da comunidade internacional", assegurou à imprensa o porta-voz da diplomacia francesa. O ministro de Exteriores iraniano, Manouchehr Mottaki, propôs ontem uma troca simultânea de seu urânio fracamente enriquecido por combustível para seu reator com finalidades médicas em Teerã. A proposta foi feita depois que o Irã rejeitou o plano da AIEA anunciado no final do ano passado para que entregasse à Rússia 70% de seu urânio enriquecido a 3,5%, que seria transformado em combustível nuclear na França. O porta-voz francês lembrou que o Irã rejeitou a oferta da AIEA enquanto mantém suas atividades de enriquecimento de urânio, "violando suas obrigações internacionais". EFE lmpg/pd
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.