Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

França, Espanha e Portugal evitam recessão; Itália não

A economia francesa conseguiu evitar uma recessão, com o Produto Interno Bruto (PIB) registrando leve expansão de 0,1% no terceiro trimestre em relação ao segundo, mostraram dados do instituto de estatísticas Insee.

Agência Estado |

No segundo trimestre, a economia francesa havia registrado contração de 0,3%, de acordo com informação da ministra das Finanças, Christine Lagarde.

Dois trimestres seguidos de contração do PIB significariam uma recessão técnica. Em relação ao terceiro trimestre do ano passado, o PIB da França cresceu 0,6%.

A expansão se deveu, principalmente, ao consumo das famílias, que aumentou 0,2%, e aos investimentos, que caíram apenas 0,3%, abaixo do declínio de 1,% registrado no segundo trimestre. Tanto as exportações quanto as importações cresceram 1,9% no trimestre. O aumento das exportações apagou o declínio de 1,9% registrado no segundo trimestre. As importações haviam declinado 0,4% nos três meses até junho.

Itália

O PIB da Itália diminuiu 0,5% no terceiro trimestre deste ano em comparação com o segundo trimestre, o maior declínio desde 1998, depois de contrair-se 0,4% no segundo trimestre ante o primeiro. Dessa forma, o país entra em recessão pela primeira vez desde o início de 2005. Na comparação com o terceiro trimestre de 2007, o PIB italiano encolheu 0,9%, a maior queda desde 1993.

Espanha

O PIB da Espanha registrou contração de 0,2% no terceiro trimestre, em relação ao segundo trimestre, segundo dados preliminares do Instituto de Estatísticas Nacionais da Espanha (INE). A economia espanhola não entrou em recessão, como aconteceu na Alemanha e na Itália, uma vez que o PIB registrou crescimento de 0,1% no segundo trimestre. Uma recessão técnica é definida por dois trimestres seguidos de contração em base trimestral. Em relação ao mesmo período do ano passado, o PIB cresceu 0,9% no terceiro trimestre. Trata-se do sexto trimestre consecutivo de desaceleração do crescimento econômico nesta base de comparação.

Portugal

A economia de Portugal estagnou no terceiro trimestre, com o PIB estável em relação ao segundo trimestre, de acordo com dados preliminares do Instituto Nacional de Estatísticas de Portugal. Em relação ao mesmo período do ano passado, o PIB cresceu 0,7% no terceiro trimestre. O PIB de Portugal registrou contração de 0,2% no primeiro trimestre, em base trimestral, e cresceu 0,3% no segundo trimestre.

Holanda

O PIB da Holanda também ficou estável no terceiro trimestre deste ano em comparação com o segundo, depois de também ter ficado estagnado no segundo trimestre ante o primeiro. Na comparação com o terceiro trimestre do ano passado, houve expansão de 1,8%, de acordo com o departamento central de estatísticas do país.

Hungria

A Hungria registrou contração 0,1% no PIB no terceiro trimestre em comparação a um crescimento de 0,4% no segundo trimestre. Em comparação ao terceiro trimestre do ano passado, o PIB cresceu 0,8%, em termo real, abaixo da expansão anual de 2% no segundo trimestre. As informações são da Dow Jones.

Leia também

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

Leia tudo sobre: recessão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG