Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

França cortará mais 10 bilhões de euros em gastos

Programa foi apresentado oficialmente hoje pelo ministro do Orçamento François Baroin

AE |

O governo da França pretende economizar mais 10 bilhões de euros (US$ 12,3 bilhões) até 2013, de acordo com um programa apresentado oficialmente hoje pelo ministro do Orçamento do país, François Baroin, durante uma reunião de gabinete. Metade da economia será atingida por meio do corte nos gastos públicos. Outros 3 bilhões de euros virão da redução dos empregos nos serviços públicos. O restante virá de medidas para conter os custos, como diminuição da frota de automóveis, aumento do uso de internet e venda de propriedades imóveis.

 

Hoje, a agência francesa de estatísticas, a Insee, informou que a dívida geral do governo - como definida pelo Tratado de Maastricht, da União Europeia - cresceu 46,5 bilhões de euros entre o fim de 2009 e o fim de março de 2010, para 1,54 trilhão de euros. O total equivale a 80,3% do Produto Interno Bruto (PIB) francês.

 

Sob as regras estabelecidas no Pacto de Estabilidade e Crescimento do Tratado de Maastricht, os membros da zona do euro (que reúne os 16 países que adotam o euro como moeda) devem limitar a proporção entre a dívida e o PIB a 60%. Este mês, a França já havia anunciado um plano de austeridade que envolve 45 bilhões de euros em cortes nos gastos públicos, ao longo dos próximos três anos. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: françacortegastos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG