Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Fracassa última tentativa de salvar Rodada Doha

Fracassou a última tentativa dos negociadores de salvar a Rodada Doha. Neste sábado, os sete principais atores das negociações chegaram à conclusão de que não há como seguir debatendo.

Agência Estado |

Acordo Ortográfico

Nenhuma nova reunião está sendo pensada, ainda que o chanceler Celso Amorim tenha programado um encontro com a representante de Comércio dos Estados Unidos, Susan Schwab, para os próximos dias, em Nova York.

Brasil, Índia, EUA, Europa, Austrália, China e Japão exploraram formas de solucionar o impasse na questão envolvendo a importação de alimentos por parte de países emergentes, como Índia, Indonésia ou China. Para os americanos, interessados nesses mercados, o possível estabelecimento de barreiras não era aceitável se significasse uma redução do mercado. Em julho, o processo fracassou exatamente por causa desse ponto.

"Não conseguimos avançar e não há nenhuma previsão de como podemos fazer isso", disse o embaixador do Brasil nas negociações, Roberto Azevedo. A idéia dos governos era a de tentar desbloquear o processo para que uma nova reunião ministerial possa ser convocada. Enquanto isso, Amorim debaterá com Schwab qual a real possibilidade de um acordo parcial ainda neste ano.

Diante do novo fracasso, o cenário mais provável é o de que qualquer definição fique para 2009, quando um novo governo assume o poder nos Estados Unidos.

Leia mais sobre: Rodada Doha

Leia tudo sobre: doha

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG