O 9º Fórum Social Mundial (FSM), realizado em Belém (PA) até o último domingo (1º), terminou diferente dos anteriores. A crise econômica internacional provocou uma certa onda de otimismo entre os participantes, pois reforça os argumentos contra o capitalismo e em defesa do socialismo, discurso amplamente majoritário entre os participantes do encontro.

Na definição do sociólogo e diretor-geral do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase), Cândido Grzybowski, o fórum foi a mesma "confusão alegre" dos outros, agora embalada pela "vitória" contra a economia de mercado.

Leia tudo no Congresso em Foco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.