Tamanho do texto

Londres, 23 - O déficit global de açúcar deve alcançar 5,7 milhões de toneladas em 2010/11, informou hoje o Fortis Bank Nederland. O banco estima a demanda mundial no período em 161,1 milhões de toneladas (em valor bruto), ante produção de 155,4 milhões de toneladas.

Segundo cálculos do Fortis, ofertas apertadas prevalecerão, particularmente na Ásia, no terceiro trimestre de 2010. "A implicação disso nos preços deverá ser muito favorável até o final do segundo trimestre deste ano, já que a Ásia continua sendo o motor de crescimento da demanda no mercado de açúcar", afirmou o banco.

Os futuros do açúcar bruto na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) se desvalorizaram quase 10 cents por libra-peso desde o início do ano, com o contrato maio agora negociado em torno de 18 cents por libra-peso. O açúcar registrou o pior desempenho das commodities agrícolas em 2010. "O recuo que temos visto nas últimas semanas reflete nenhuma mudança real nos fundamentos de oferta e demanda, mas uma mudança no sentimento", disse o Fortis.

As revisões para cima no tamanho da safra indiana em 2009/10, para cerca de 17 milhões de toneladas, ante estimativa inicial de quase 14 milhões de toneladas, também pressionaram o mercado, de acordo com o relatório. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.