A inflação desacelerou a 4,5% no mês de outubro no Reino Unido, depois de registrar 5,2% em setembro, segundo cifras do Departamento Nacinal de Estatísticas difundidas nesta terça-feira.

A inflação é menor que a esperada pelos economistas. O primeiro-ministro Gordon Brown estimou, inclusive, que a deflação ameaça o Reino Unido em 2009.

Os economistas esperavam uma alta dos preços ao consumidor de 0,1% no mês e 4,9% anual, segundo o Banco Calyon. Os preços caíram 0,3% em relação a setembro.

Esta é a primeira baixa da inflação anual desde 2007, e da maior baixa da progressão anual de um mês para o outro há 16 anos.

od/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.