FORMATOS DE ARQUIVO E COMPRESSÃO MP3 - O mais famoso de todos os formatos de áudio. Nascido na década de 80, foi um dos motores da revolução da música através da internet.

Sua principal característica é a capacidade de reduzir o tamanho dos arquivos.

WAV - O primeiro passo na mudança do áudio do formato analógico para o digital. O problema do WAV é que a ausência de um método de compressão faz com que os arquivos fiquem grandes demais, dificultando sua transferência.

]
AAC - Desenvolvido por um grupo de centros de pesquisa, que inclui o próprio Fraunhofer, é conhecido como o formato da Apple, por ser o padrão encontrado nos iPods. É considerado o sucessor do MP3, e abre mão da compressão extrema para obter um ganho maior na qualidade do áudio.

WMA - Outro formato proprietário de áudio com compressão. Desenvolvido pela Microsoft, o Windows Media Audio não é tão pequeno quanto o MP3, mas possui uma qualidade maior por não comprimir tanto o áudio.

OGG Vorbis - Na contramão das extensões proprietárias, o Ogg Vorbis é um formato livre, desenvolvido pela fundação Xiph. É outro que mostra que a nova tendência dos formatos é ganhar um pouco mais de peso para alcançar uma qualidade de áudio superior. Pretende bater o MP3.

MP3 Surround - É um dos novos primos da família Fraunhofer, e consegue simular um áudio surround 5.1. É cerca de 10% mais pesado que o MP3 comuns, e consegue reproduzir até seis canais a partir de um arquivo original em WAV.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.