Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Fonte: Telebrás fará só operação no atacado do Plano de Banda Larga

O governo decidiu que a Telebrás fará apenas a operação no atacado do Plano Nacional de Banda Larga, deixando para as operadoras privadas a oferta do serviço no varejo. A informação, dada por uma fonte do governo, vem confirmar o movimento das empresas, já que a Oi, na sexta-feira passada apresentou uma proposta ao governo para operar a expansão dos serviços de internet rápida no Brasil.

AE |

O governo decidiu que a Telebrás fará apenas a operação no atacado do Plano Nacional de Banda Larga, deixando para as operadoras privadas a oferta do serviço no varejo. A informação, dada por uma fonte do governo, vem confirmar o movimento das empresas, já que a Oi, na sexta-feira passada apresentou uma proposta ao governo para operar a expansão dos serviços de internet rápida no Brasil. Segundo a mesma fonte, a Telebrás vai se responsabilizar pelo gerenciamento do sistema principal, usando as redes de fibras ópticas de empresas estatais, a Eletrobras e a Petrobrás. As redes vicinais, para conectar essa infraestrutura principal ao consumidor final, ficarão a cargo da iniciativa privada, participando tanto as grandes teles quanto pequenos provedores. A ideia do governo, segundo a mesma fonte, é evitar o monopólio dessas vicinais para garantir preço mais baixo para o consumidor. A previsão do governo é de lançar as diretrizes do plano ainda neste mês.
Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG