Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Folha dos trabalhadores da indústria cede 0,2% em outubro, diz IBGE

RIO - O valor da folha de pagamento real dos trabalhadores da indústria encolheu 0,2% em outubro no comparativo com o mês antecedente, quando subiu 2,7%. Houve, porém, elevação de 5,1% ante o 10º mês de 2007.

Valor Online |

No acumulado do ano, a alta foi de 6,6%, a mesma verificada em 12 meses. Os dados fazem parte da Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Todos os 14 locais avaliados pelo instituto mostraram aumento na folha de pagamento real em outubro perante mesmo mês de 2007. "A principal contribuição positiva veio de São Paulo (3,9%), refletindo, sobretudo, o incremento salarial em meios de transporte (6,1%), produtos de metal (18,2%) e minerais não-metálicos (25,1%)", destacou o IBGE em nota. O organismo citou ainda o acréscimo na folha em Minas Gerais (10,3%) e Paraná (10,5%).

Ainda considerando o comparativo com outubro de 2007, houve elevação na folha de pagamento real em 11 dos 18 ramos investigados, como em meios de transporte (8,9%), máquinas e equipamentos (9,8%) e minerais não-metálicos (21,1%). Já as pressões negativas mais relevantes vieram de papel e gráfica (-5,3%) e outros produtos da indústria de transformação (-7,8%).

A pesquisa contemplou também uma redução de 0,3% no número de horas pagas aos trabalhadores da indústria na passagem de setembro para outubro, mas um acréscimo de 1,4% frente ao 10º mês de 2007, mantendo "uma seqüência de 29 meses de taxas positivas, mas com o menor resultado desde junho de 2007 (1%)".

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG