O vice-diretor gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), John Lipsky, disse que a recuperação econômica global está mais lenta e que o crescimento no segundo semestre deve ser menor do que o antecipado

selo

O vice-diretor gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), John Lipsky, disse que a recuperação econômica global está mais lenta e que o crescimento no segundo semestre deve ser menor do que o antecipado. "O crescimento global no segundo semestre deve ser um pouco mais lento do que a taxa anual (de 3,75%) que tínhamos previsto em nosso último relatório sobre a Perspectiva Econômica Mundial", disse.

Em declarações na Associação de Política Externa em Nova York, Lipsky, disse que o consumo nas economias avançadas continua fraco, com as limitações à formação de estoques e aos gastos do consumidor por causa dos fracos mercados de trabalho e moradia. O crescimento na área do euro se manteve relativamente bem até agora, mas as apertadas condições de crédito dos bancos deixaram a demanda geral lenta, disse Lipsky.

"Nós antecipamos que a recente desaceleração seja temporária, afetando a segunda metade de 2010 e o início de 2011", afirmou. "Olhando para 2011 como um todo, a antecipada transição de uma recuperação no comércio global e nos estoques para um gradual aumento na demanda privada nas economias avançadas continua nos trilhos, liderada pela recuperação nos investimentos das empresas", acrescentou Lipsky. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.