Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

FMI vai emprestar 750 milhões de dólares para a Geórgia

O FMI (Fundo Monetário Internacional) anunciou oficialmente nesta quarta-feira que vai conceder empréstimo de 750 milhões de dólares à Geórgia, para ajudá-la a superar as dificuldades decorrentes do conflito com a Rússia.

AFP |

"A missão do FMI e as autoridades georgianas chegaram a um acordo de princípio sobre um plano financeiro de 750 milhões de dólares", indicou a instituição multilateral em um comunicado.

"Este acordo requer o consentimento do conselho de administração do FMI, que deve analisar o pedido da Geórgia na primeira quinzena de setembro", acrescentou.

A ministra georgiana da Economia e do Desenvolvimento, Eka Charachidzé, já havia anunciado mais cedo esta decisão da capital Tbilisi.

Este empréstimo será concedido na forma de um "acordo de confirmação" de 18 meses. Este procedimento autoriza um Estado-membro a recorrer à Conta de recursos gerais do Fundo para enfrentar um desequilíbrio temporário de suas finanças.

"Este acordo de confirmação visa apoiar as políticas econômicas das autoridades georgianas e ajudar a atenuar as conseqüências nefastas, no plano econômico e financeiro, do conflito recente", acrescentou o FMI.

A instituição de Washington apontou "o desfalque esperado e provisório da balança de pagamentos e disse que quer manter a confiança dos mercados e dos investidores".

"O compromisso forte da Geórgia com reformas e políticas macroeconômicas sadias reforça a resistência de sua economia e prevê um restabelecimento rápido deste choque", segundo o FMI.

O conflito entre Moscou e Tbilisi causou cerca de dois bilhões de dólares de prejuízos à Geórgia, declarou o presidente georgiano, Mikhail Saakachvili, em entrevista publicada segunda-feira pelo jornal britânico Financial Times.

hh/lm

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG