Tamanho do texto

O Fundo Monetário Internacional (FMI), a União Européia (UE) e o Banco Mundial (Bird) aprovaram um pacote de 20 bilhões de euros (25 bilhões de dólares) para ajudar a resgatar a economia da Hungria.

O FMI concederá 12,5 bilhões de euros, sob a forma de empréstimo a 17 meses, que pode ser submetido à aprovação do conselho executivo (da instituição multilateral) no início de novembro, dentro dos procedimentos de urgência.

De acordo com o FMI, a UE concordou em participar no pacote com 6,5 bilhões de euros e o Bird com um bilhão de euros.

A Hungria é o terceiro país a obter um empréstimo do FMI para enfrentar a crise financeira. Os outros dois foram Islândia e Ucrânia, com 2,1 bilhões de dólares (1,65 bilhão de euros) e 16,5 bilhões de dólares (13 bilhões de euros).

Leia mais sobre: crise financeira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.