Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

FMI pede proteção aos pobres contra a inflação

O diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, pediu nesta quarta-feira aos governos que tomem conta especialmente dos pobres na adoção de medidas para atenuar o impacto da inflação sobre suas populações.

AFP |

Strauss-Kahn declarou que o FMI prevê uma inflação mundial de 13% no fim de 2008.

"É uma média. Agora todos nós sabemos que a inflação exerce um impacto maior sobre os pobres porque, logicamente, são os menos protegidos", disse na abertura de um seminário do FMI em Washington.

"Para todos os governos, sempre é mais fácil anunciar medidas gerais, que podem ser compreendidas por todos e postas em prática rapidamente. Mas sabemos que este procedimento será menos eficaz que uma medida que requer mais tempo, que seja mais forte do ponto de vista político, mas que aponte para um objetivo mais específico", destacou.

"Os subsídios (contra a inflação) não apontam para um alvo suficientemente específico com cada vez mais freqüência. Eles deveriam ser voltados para os pobres", acrescentou.

hh/lm

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG