Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

FMI espera expansão de apenas 0,5% para economia mundial em 2009

SÃO PAULO - A economia mundial deve crescer apenas 0,5% em 2009, a menor taxa desde a Segunda Guerra Mundial, e recuperar um pouco o fôlego no ano seguinte, com expansão de 3%, revelou documento do Fundo Monetário Internacional (FMI), divulgado nesta quarta-feira. Para o Brasil, a previsão é de que o Produto Interno Bruto (PIB) avance 1,8% agora e 3,5% em 2010.

Valor Online |

Os Estados Unidos devem registrar contração de 1,6% neste calendário para em seguida ter crescimento de 1,6% no próximo ano.

Recessão também é contemplada para a zona do euro e Japão este ano, de 2% e 2,6%, respectivamente. Em 2010, essas economias devem ter uma fraca expansão, de 0,2% e 0,6%, na ordem. A economia russa deve experimentar recuo neste exercício, de 0,7%, mudando de direção em 2010, quando o FMI projeta avanço de 1,3%. No caso da China, é aguardado crescimento tanto em 2009 como no ano seguinte, de 6,7% e 8%.

"A recuperação econômica sustentada não será possível até que a funcionalidade do setor financeiro seja restaurada e os mercados de crédito estejam desimpedidos", observou o Fundo na atualização do documento Perspectivas Econômicas Mundiais.

Para a restauração da economia, o organismo nota a necessidade de novas iniciativas para dar apoio a instituições viáveis por meio da injeção de capital e saneamento de ativos ruins, entre outras medidas.

Em novembro do ano passado, o FMI projetava expansão de 2,2% para a economia mundial em 2009, recuo de 0,7% para o PIB dos EUA e de 0,5% para a economia da zona do euro. Para o Brasil, a estimativa era de crescimento de 3% neste calendário.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG