O diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, disse que a crise financeira global provavelmente resultará agora em perdas de cerca de US$ 1,3 trilhão às instituições financeiras. Strauss-Kahn disse que isso representa um aumento de US$ 300 bilhões na estimativa anterior do FMI, que era de perdas de US$ 1 trilhão a partir de ativos norte-americanos, e continua bem acima das baixas contábeis de US$ 700 bilhões declaradas até agora pelos bancos.

"Portanto, isto significa que há muito mais por vir", disse Strauss-Kahn em conferência sobre os preços elevados das commodities. "O fundo está desempenhando o papel de alertar a comunidade financeira internacional sobre o risco que estamos enfrentando", disse. As informações são da agência Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.