Tamanho do texto

Washington, 9 mai (EFE).- O Fundo Monetário Internacional (FMI) e os países da zona do euro fornecerão 20 bilhões de euros em empréstimos à Grécia de forma imediata, anunciou hoje o organismo internacional.

Washington, 9 mai (EFE).- O Fundo Monetário Internacional (FMI) e os países da zona do euro fornecerão 20 bilhões de euros em empréstimos à Grécia de forma imediata, anunciou hoje o organismo internacional. Em 2010, os créditos totais de ambas as partes ao país chegarão a 40 bilhões de euros, de acordo com um comunicado emitido pelo FMI no final de uma reunião de seu Conselho Executivo, na qual o pacote foi aprovado oficialmente. "O caminho pela frente será difícil, mas o Governo planejou um programa crível que está equilibrado em termos econômicos e sociais, com proteção para os grupos mais vulneráveis. A chave agora é sua aplicação", disse o diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn. No total, o FMI desembolsará 30 bilhões de euros em empréstimos à Grécia durante três anos, que se somarão aos US$ 102 bilhões que serão fornecidos pelos países da zona do euro. Ao primeiro crédito, de 20 bilhões de euros, o FMI fornecerá 5,5 bilhões e o restante corresponderá aos Governos europeus. Em todo o ano, o organismo desembolsará 10 bilhões de euros e os países que fazem parte da zona do euro, 30 bilhões. O conselho executivo do FMI, composto por 24 diretores que representam os 186 países-membros da entidade, aprovou o acordo em uma sessão extraordinária realizada hoje. EFE cma/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.