Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

FMI amplia projeção de perdas com ativos ruins para US$ 2,2 trilhões

SÃO PAULO - A piora das condições de crédito, que afetou uma série de mercados nos últimos meses, levou o Fundo Monetário Internacional (FMI) a elevar a estimativa de uma potencial perda no valor de ativos de crédito originados nos Estados Unidos e detidos por bancos e outras instituições para US$ 2,2 trilhões ante o montante de US$ 1,4 trilhão previsto em outubro de 2008. Grande parte desta deterioração ocorreu na área de marcação a mercado de nossas estimativas (a maioria títulos), especialmente em títulos ligados ao mercado imobiliário comercial e corporativo, mas a degradação também ocorreu nos registros de empréstimos dos bancos, refletindo uma perspectiva mais fraca para a economia, sublinhou o Fundo em nota. Até agora, os bancos conseguiram administrar a situação obtendo capital suficiente para compensar a depreciação de valor de ativos, mas isso decorreu principalmente das injeções maciças de capital feitas pelo setor público no quarto trimestre. Daqui para frente, observou o Fundo, os bancos precisarão de mais capital uma vez que é esperado mais perdas.

Valor Online |

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG