Washington, 12 out (EFE).- Os fluxos privados de capital para os mercados emergentes cairão 45% este ano, para US$ 619 bilhões, e diminuirão mais 10% em 2009, previu hoje a maior associação de bancos do mundo.

Segundo o Instituto de Finanças Internacional (IIF, em inglês), que reúne cerca de 400 bancos de todo o mundo, os fluxos privados de capital para os mercados emergentes se mantiveram altos nos últimos 15 meses, mas os indicadores sugerem que "caíram de forma muito intensa em semanas recentes". EFE tb/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.