Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Flores têm maior oferta e preços mais em conta

Esta primavera promete ser especial. Como o inverno foi relativamente quente, a produção de flores cresceu 10% em relação ao ano passado.

Agência Estado |

Por isso, o paulistano encontrará mais quantidade e variedade de espécies no mercado. Os preços também baixaram. "As flores estão 20% mais baratas que na primavera de 2007", diz Paulo Murad, presidente da Sindicato dos Atacadistas de Flores e Plantas (Sincomflores). "Entramos na época certa para ter a casa florida todos os dias."

Apesar do clima tropical, o que significa sol todos os dias e, conseqüentemente, flores o ano inteiro, algumas espécies só florescem neste período. Uma das estrelas da estação é a tulipa, importada da Holanda em bulbos. "Quando elas chegam ao Brasil, ficam em câmaras frias até brotarem. E são plantadas assim que a terra aquece, para florir", explica Murad. "Holambra está cheia de tulipas. Em São Paulo, um vasinho custará de R$ 10 a R$ 15." O maço de astromélia, copo-de-leite ou girassol pode ser encontrado por R$ 8. O de primavera e lisiantus sai de R$ 5 a R$ 10, e o de margarida, o mais barato de todos, por R$ 5. "Esses são os preços em média praticados pela Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp). As floriculturas sempre cobram mais."

Outra opção de endereço de compra são os hipermercados, que vendem a preços ainda mais em conta que a Ceagesp. Isso porque recebem direto dos produtores. Mas há uma desvantagem: como não há locais adequados para conservação, as flores ali adquiridas têm menos durabilidade. Essa também será uma boa época para comprar rosas nacionais. Sessenta botões custam de R$ 10 a R$ 15. As colombianas, com botões bem maiores que os das nacionais, custam em média R$ 40. "Cuidados para não levar gato por lebre", diz Murad. "As rosas de Atibaia estão tão grandes quanto as colombianas. E tem gente vendendo rosa nacional como importada."

A decoradora Bya Barros indica a rosa para os clientes românticos. "Espalhar rosas vermelhas pela casa fica lindo", diz. Para quem é mais low profile, Bya escolhe margaridas. Para os mais alegres, gérberas. "Mas sempre que dá uso prímulas e orquídeas de vaso, que duram até dois meses."

Misturar espécies num mesmo vaso exige um pouco mais de conhecimento (veja dicas no quadro acima). E, para quem não quer errar, Nailson Ribeiro Silva, de 34 anos, florista mais antigo da butique de Vic Meirelles, indica um pouco de crisântemos, com astromélias e ruscus, uma folhagem. "Há astromélias de todas as cores. "É barato e o efeito impressiona muito."

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG