Tamanho do texto

Madri, 28 mai (EFE).- A agência de classificação de risco Fitch rebaixou hoje a qualificação da dívida espanhola da categoria AAA para AA+, com uma perspectiva estável, apesar de considerar que a retomada da recuperação econômica será mais difícil e prolongada que para outras economias com a mesma nota.

Madri, 28 mai (EFE).- A agência de classificação de risco Fitch rebaixou hoje a qualificação da dívida espanhola da categoria AAA para AA+, com uma perspectiva estável, apesar de considerar que a retomada da recuperação econômica será mais difícil e prolongada que para outras economias com a mesma nota. Embora a Fitch admita que o processo de estabilização econômica esteja em curso, adverte que o mercado de trabalho "inflexível" e o processo de reestruturação das poupanças dificultarão a melhora da economia na Espanha. Sobre a situação das poupanças, a agência de qualificação fez alusão ao impacto que a crise imobiliária teve sobre os balanços das entidades financeiras. Além disso, avisa que a dívida pública espanhola poderia subir até 78% do PIB em 2013, apesar de ter apontado que o perfil do crédito soberano espanhol mantém uma posição forte e se apoia em uma economia diversificada, um setor financeiro cujo núcleo é sólido, uma taxa de economia relativamente alta e um histórico de finanças públicas "responsável". Por isso, apesar do rebaixamento da qualificação, a agência Fitch dá uma perspectiva estável à dívida espanhola e anunciou que não é previsível outra baixa em curto prazo. Além disso, considera que a dívida pública seguirá subindo, apesar do "forte compromisso" do Governo de reduzir o déficit fiscal, "como demonstrou com medidas recentes como o corte salarial de 5% para os funcionários". EFE mmr/pd-ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.