Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Fitch rebaixa nota de risco da Espanha

Com alteração, rating espanhol deixa de ser AAA; agência vê "mais difícil e prolongada" para a economia do país

EFE |

A agência de classificação de risco Fitch rebaixou a nota ("rating") da dívida espanhola da categoria AAA para AA+. A empresa tomou a decisão por considerar que a recuperação econômica do país será "mais difícil e prolongada" do que para outras economias com a mesma nota.

Anunciada depois do fechamento dos mercados europeus, a alteração não teve impacto sobre os negócios. Na Bolsa de Madri, o índice Ibex-35 subiu 0,97%, para 9.425 pontos.

Em Londres, o principal indicador das bolsas europeias fechou em baixa, encerrando dois dias consecutivos de ganhos. A Bolsa londrina foi influenciada pela BP, que caiu devido à incerteza em torno do derramamento de petróleo, e pelas ações do setor de energia, que acompanharam a fraqueza geral das cotações do petróleo.

Os papéis da BP recuaram 5% com o aumento das dúvidas sobre o sucesso da estratégia da gigante do petróleo no Golfo do México.

O FTSEurofirst 300, índice das principais ações europeias, encerrou em queda de 0,28%, a 997 pontos. A despeito desse recuo, o índice acumulou ganho de quase 3% na semana, já que os investidores aproveitaram para comprar barganhas após a queda das ações para o menor nível em cerca de dez meses.

Em Londres, o índice FTSE caiu 0,13%, para 5.188 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX subiu 0,15%, para 5.946 pontos. A queda do indicador CAC-40, da Bolsa de Paris, foi de 0,29%, para 3.515 pontos.

(Com Reuters)

Leia tudo sobre: espanharatingbolsas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG