Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Fisco quer combater sonegação

A produção de cervejas, refrigerantes e águas será contada em tempo real pela Receita Federal para o combate à sonegação fiscal. Até o fim de 2009, os 130 maiores fabricantes serão obrigadas a instalar equipamentos nas linhas de produção.

Agência Estado |

Esse grupo é responsável por 100% das cervejas e 70% dos refrigerantes produzidos no País. Segundo o coordenador de Fiscalização da Receita, Marcelo Fisch, a partir de 2010 o processo terá continuidade nas demais empresas. Ao todo, a indústria tem mais de 1 mil fabricantes, mas o foco inicial será em 300 deles. O setor integra o grupo mais fiscalizado pela Receita, devido ao seu alto grau de evasão fiscal. Nos últimos três anos, as empresas foram autuadas em R$ 4 bilhões por irregularidades fiscais. "A intenção não é prejudicar o setor, mas fazer com que todo mundo pague", disse Fisch. As informações colhidas pelo medidor serão transmitidas à base de dados do Fisco. Se parar de funcionar, a delegacia da Receita mais próxima da fábrica recebe a notícia. A produção de bebida já é controlada desde 2006 com medidores de vazão, que continuarão funcionando.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG