Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Fisco americano poderá cobrar dados de pessoas com contas na Suíça

Washington, 1º jul (EFE).- Uma juíza federal autorizou hoje que o Fisco dos Estados Unidos peça ao banco suíço UBS informações de americanos que, aparentemente, usam contas na entidade para sonegar impostos.

EFE |

A ordem, emitida pela juíza Joan Lenard, de Miami, se aplica aos americanos que pediram que suas contas na Suíça "sejam mantidas em segredo", informou o Departamento de Justiça em um comunicado.

O Governo dos Estados Unidos baseia grande parte de sua investigação nas revelações do ex-banqueiro do UBS Bradley Birkenfeld.

Em 19 de junho, Birkenfeld assumiu à Justiça americana que ajudou americanos ricos a esconder seus bens criando empresas fantasmas em paraísos fiscais.

Os americanos declaravam ao Fisco de seu país que essas empresas, e não eles, eram as titulares das contas no UBS.

Segundo Birkenfeld, essas contas contêm US$ 20 bilhões, que geram ao banco rendimentos de centenas de milhões de dólares.

De acordo com a lei dos EUA, os americanos são obrigados a repassar ao Fisco as informações de contas no exterior quando estas acumulam mais de US$ 10.000. EFE cma/sc

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG