Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Financeiras no Reino Unido esperam mais redução no crédito disponível nos próximos meses

SÃO PAULO - Nos três meses até meados de junho, as financeiras no Reino Unido reportaram que reduziram ainda mais a disposição de crédito para consumidores e empresas e manifestaram que esperam reduções adicionais no crédito no próximo trimestre. A informação consta de relatório sobre as condições de crédito na região feito pelo Banco da Inglaterra. A pesquisa foi conduzida entre os dias 27 de maio e 18 de junho.

Valor Online |

As taxas de inadimplência, e as perdas seguindo a inadimplência, em empréstimos securitizados para o varejo e para corporações não-financeiras privadas subiram nos últimos três meses, revelou o documento. Olhando à frente, as financeiras antecipam elevação na inadimplência e nas perdas nos financiamentos securitizados e não-securitizados ao consumidor e às empresas.

O levantamento mostrou ainda que a demanda por empréstimo securitizado para a compra de casas diminuiu no segundo trimestre mais do que o antecipado pelas financeiras e a projeção é de que ocorra nova queda.

O Banco da Inglaterra destacou que, como parte de sua missão de manter a estabilidade monetária e financeira, precisa entender as tendências e desenvolvimentos nas condições de crédito. Por isso, fez o estudo com financeiras, que foram questionadas sobre a situação nos três meses passados e as perspectivas para o terceiro trimestre.

O estudo cobre empréstimos securitizados ou não para consumidores e pequenos negócios, financiamentos para corporações não-financeiras e para empresas financeiras não-bancárias.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG